RSS

Exposição TATATA na Galeria de Arte da Fundação Ecarta

03 Mar

Obra Na minha cidade tem um rio de Mariana Silva_ Crédito de Mariana Silva

Na terça-feira, 13 de março, às 19h, a Galeria de Arte da Fundação Ecarta (Av. João Pessoa, 943) inaugura a exposição TATATA. A mostra, de fotografias, vídeos e objetos, surgiu a partir do desejo de Elaine Tedesco, Glaucis de Morais e Heloísa Marques de trabalharem em um mesmo projeto. Elas decidiram que cada uma convidaria outro artista, então Elaine chamou Elcio Rossini, Glaucis trouxe Mariana Silva e Heloísa, Leonardo Fanzeau. Em TATATA ― expressão que, segundo Buda, é a verdadeira natureza do momento, a essência de todas as coisas ―, os trabalhos apresentados têm na sua origem um olhar atento para o agora, a partir do cotidiano e das paisagens. Durante a sua criação, as primeiras percepções foram acionadas pela imaginação e articuladas com outros contextos. E uma vez expostas, juntas, as obras formam a cena presente do visitante.

A exposição TATATA poderá ser visitada de 14 de março a 22 de abril, de terça a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 20h; e domingo, das 10h às 18h. A entrada é franca. Informações pelo 51 4009.2971.

OS ARTISTAS

Elaine Tedesco | Vive e trabalha em Porto Alegre. Participou da 52ª Bienal de Veneza, em 2007, e da 2ª e da 5ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul, em 1999 e 2005. Entre suas exposições coletivas mais recentes estão: Transição (Galeria Leme, São Paulo, 2012), Do atelier ao Cubo Branco (MARGS, Porto Alegre, 2011), Experimento Zero (MARGS, 2010) e SAM Art Projects (Parcours Saint-Germain, Paris, França, 2010).

Elcio Rossini | Vive e trabalha em Porto Alegre. Artista plástico, cenógrafo e diretor teatral. Participou da 5ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul, em 2005. Performances recentes: Ora Bolas, Encontro V.E.R., Terra Uma, MG (2011); Palavras, Fundação Vera Chaves Barcellos (2010); Cenografias recentes: Wonderland: o que Michael Jakcson encontrou por lá. Direção de Daniel Colin (2010); e Vapor da Estação, show de Nei Lisboa (2010).

Glaucis de Morais | Vive em Paris, França. Bacharel em Artes Plásticas pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em 1997, e mestre em Artes Visuais na mesma universidade, em 2002. Foi professora no curso de Artes Visuais da FEEVALE, de Novo Hamburgo, e na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), em Florianópolis. Em 2003, recebeu a bolsa Luiz Aranha da Fundação Iberê Camargo para residência de artista na Cité Internacional des Arts, em Paris, na França. Realizou exposições no Brasil e no exterior, como “Concreto” (Torreão, Porto Alegre, 2000), e participou de festivais e salões, como o 15º Festival Internacional de Arte Eletrônica Vídeo Brasil (SESC Pompéia, São Paulo, 2005). Em 2011 participou da 8ª Bienal do Mercosul, com Ensaios de Geopoéticas, na CASA M, em Porto Alegre.

Heloísa Marques | Vive e trabalha em Porto Alegre. Artista visual, formada em 2010 pela Feevale, de Novo Hamburgo. Em 2011, participou das exposições coletivas Experiências Atravessadas e Camadas Temporais, em um projeto itinerante. Em 2012 integrará a exposição coletiva O não-lugar enquanto criação, e está agendada para setembro a sua primeira exposição individual na Galeria de Arte do DMAE, em Porto Alegre.

Leonardo Fanzelau | Vive e trabalha em Porto Alegre. Formado em Artes Visuais pela UFRGS, em 2008. Indicado duas vezes ao Prêmio Açorianos de Artes Plásticas: em 2009, como destaque em escultura, pela exposição Playground, na Galeria Iberê Camargo do Gasômetro; e em 2010 pela exposição Arte Como Questão, no Goethe-Institut. Participou como artista convidado da exposição Nova Escultura Brasileira (novembro, 2011), na Caixa Cultural Rio de Janeiro. Recentemente participou da exposição Labirintos da Iconografia, no MARGS. No teatro, fez cenário de três espetáculos da vai!ciadeteatro: Cara a Tapa, Parasitas e Agora Eu Era.

Mariana Silva da Silva | Vive e trabalha em Porto Alegre. Artista e professora. Participou de diversas exposições no Brasil e no exterior. Entre 2002 e 2004, recebeu bolsa de pesquisa da CAPES, e em 2008 a bolsa UNESCO Aschberg, juntamente ao Irish Museum of Modern Art, em Dublin, na Irlanda, para residência de artista. Em 2004, editou o livro independente Para preencher um buraco. Em 2006 iniciou como professora na Universidade de Caxias do Sul (UCS). Durante 2005 e 2006, foi professora no Departamento de Ciências Humanas, Centro de Artes, na Universidade de Santa Catarina, em Florianópolis. É professora assistente da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), Pólo Montenegro, desde 2011.

Exposição TATATA | Entrada franca

De Elaine Tedesco, Elcio Rossini, Glaucis de Morais, Heloísa Marques, Leonardo Fanzelau e Mariana Silva da Silva

Local: Galeria de Arte da Fundação Ecarta (Av. João Pessoa, 943 – Porto Alegre)

Inauguração: 13 de março de 2012, às 19h

Visitação: de 14 de março a 22 de abril, de terça a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 20h; e domingo, das 10h às 18h

Informações: 51 4009.2071

Anúncios
 

Etiquetas: , ,

One response to “Exposição TATATA na Galeria de Arte da Fundação Ecarta

  1. José Fernando Torres Marques

    Março 3, 2012 at 6:42 pm

    Parece muito interessante… pretendo conferir…

    Gostar

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: