RSS

Concerto SESI Catedrais

06 Mar

Orquestra de Câmara Fundarte segue levando
concertos aos quatro cantos do RS em 2012

Foto: Claudio Etges
Fotos: Claudio Etges
Escolha de repertório, qualidade técnica e de interpretação na busca de diálogo com o público

Da Capital ao Interior, buscando desenvolver a comunicação com públicos de várias idades e classes sociais dos quatro cantos do Rio Grande do Sul, a Orquestra de Câmara Fundarte divulga sua programação de 2012, que reunirá 40 concertos distribuídos entre o Projeto SESI Catedrais (26), espetáculo Piazzolla Coreografado (7) e na formação de Quinteto (7).
A abertura da temporada 2012 será realizada em Porto Alegre com a apresentação do concerto SESI Catedrais no dia 24 de março na Igreja Mont Serrat.

Destaques da programação
Além do repertório histórico para orquestra de câmara com obras de Bach, Vivaldi, Mozart, Tchaikovsky e Villa-Lobos, estão previstas estreias de obras de Marcelo Nadruz (um dos fundadores do grupo Raiz de Pedra), Rogério Krieger (violinista e compositor da Orquestra Sinfônica de Curitiba). Está prevista também a apresentação de obra para acordeão e orquestra do compositor Tasso Bangel, (fundador do lendário Conjunto Farroupilha).

Projeto SESI Catedrais
Entre as cidades contempladas com os SESI Catedrais em 2012 estão Camaquã, Gravataí, Guaíba, Santa Cruz, Novo Humburgo, Charqueadas, Canoas, Panambi, Ijuí, Caxias do Sul, Nova Petrópolis, Igrejinha Guaporé, Campo Bom e Montenegro.
Em Porto Alegre serão realizados concertos em diversos bairros, nos seguintes templos: Igreja Nossa Senhora Mont Serrat, Sinagoga Israelita, Igreja Santo Antônio, Catedral Metropolitana, Santuário Mãe de Deus, Nossa Senhora Assunção e Catedral Metodista.

Para o regente titular da orquestra, maestro Antônio Borges-Cunha, responsável pela escolha do repertório, ao lado da diretora executiva, pedagoga Therezinha Petry Cardona, o Projeto SESI Catedrais tem sido também um importante laboratório de experiências para os jovens músicos selecionados anualmente através de concurso. Para atuar em 2012 foram selecionados 14 jovens solistas oriundos de diferentes centros culturais do Brasil, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro.

A orquestra
Agraciada com o prêmio Líderes & Vencedores 2011-Expressão Cultural, nos seus 15 anos de trajetória a Orquestra Fundarte já realizou 550 apresentações em teatros, igrejas e espaços alternativos de arte contemplando os públicos de mais de uma centena de cidades tendo sido aplaudida por aproximadamente 260.000 mil espectadores.

Segundo Borges-Cunha, a Orquestra de Câmara Fundarte celebra 16 anos de atividades em 2012 como um dos grupos de câmara mais importantes do Brasil. “A Orquestra tem conquistado o interesse do público pela combinação de ações desenvolvidas com o objetivo de estabelecer uma comunicação com o público espectador”, diz.

Escolha de repertório, qualidade técnica e de interpretação, na visão de Borges-Cunha
“Como regente de uma orquestra itinerante que vai ao encontro do público em diferente regiões do Estado, se tem a responsabilidade de desenvolver a comunicação, que se estabelece pela escolha do repertório, pela qualidade técnica, pelas interpretações e atitudes dos músicos.
O repertório deve integrar obras conhecidas do público com obras desconhecidas para enriquecer e equilibrar o repertório.
Iniciamos nossos concertos com obras vibrantes e, preferencialmente conhecidas do público. Estabelecido o contato de boas-vindas, estamos prontos para apresentar as novidades.
O espectador precisa ser surpreendido. Uma das funções do músico é surpreender o ouvinte. Um concerto em que tudo é esperado não comunica nada; um concerto em que tudo é novidade também não comunica. A comunicação ocorre através do equilíbrio entre o esperado e o inesperado. A verdadeira experiência estética da música não requer conhecimento teórico. Requer apenas a disposição para ouvir; esta é estimulada pela qualidade e atitude dos intérpretes”, conclui.
Thiago Bottega      Foto: Claudio Etges
Informações
http://www.fundarte.rs.gov.br – Telefone 51 3632.1879

SESI Catedrais em Porto Alegre abre a temporada de concertos da Orquestra Fundarte

O dia 24 de março vai marcar a abertura da temporada, em Porto Alegre, dos concertos SESI Catedrais 2012, com a Orquestra de Câmara Fundarte. Sob a batuta do maestro Antônio Borges-Cunha, tendo como Jovem Solista o flautista Thiago Bottega, um dos vencedores do Concurso Jovens Solistas realizado pela orquestra, a apresentação será realizada com entrada franca, em Porto Alegre, na Igreja Mont Serrat.

O programa do concerto é formado por obras de Wolfgang Amadeus Mozart. A abertura será com a Sinfonia n. 5 em Sib Maior, K. 22, seguida do Concerto para Flauta n. 1 em Sol Maior, k. 313 e encerra com a Sinfonia n. 23 em Ré Maior, K 181.

Anelise Kindel e Viktoria Tatour (oboé) e Alexandre Ostrowsky Jr. E Saulo Rosa (trompa) são os músicos convidados.

ORQUESTRA DE CÂMARA FUNDARTE
Prêmio Líders & Vencedors 2011-Expressão Cultural

CONCERTO SESI CATEDRAIS
Dia 24 de março de 2012 –Porto Alegre- RS
Igreja Mont Serrat– 19h – Telefone (51) 3332.6212
Rua Anita Garibaldi, 1121
Entrada franca
Duração: 60 minutos

Informações
Telefone 0800518555
http://www.fundarte.rs.gov.br e http://www.sesirs.org.br

Asessoria de Imprensa
Dinorah Araújo
Telefones: 55 (51) 3311.6677 e 9964.5492
E-mail: dinorah@cpovo.net
Skype: mdatuar

Advertisements
 

Etiquetas: ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s