RSS

Jornal quer circular – S.O.S Fala Brasil! … Mais e mais depoimentos chegando…

05 Maio

Mais depoimentos chegando: Por favor leia o texto com nossa opinião, abaixo das mensagens… e nos ajudem a divulgar e compartilhar… Envie o seu depoimento para que possamos publicar… 100% Cultura

GEDSC DIGITAL CAMERAArte:  Marcos Porto

Giovanni Berti Perc

Olá queridos amigos do Fala Brasil .. sugestão .. Vamos gravar um video e postar no face com depoimentos da classe artistica .. simpatizantes afins etc todo mundo !! Sou parceiraço abrazzz

  • A Rosane me convidou a escrever no Fala Brasil acho que em 2002. Mesmo sem ainda conhecer direito do que se tratava, aceitei de pronto. Ganhei uma página inteira para escrever o que quisesse sobre Música, minha seara. Tem sido assim desde então, com total liberdade. A luta por uma cidade mais conectada com sua cultura encontra mais entraves do que se imagina, mas é uma luta em que os vencidos não sãos os guerreiros mas, no caso, a cidade. O conformismo é o caminho mais fácil, mas não o mais digno.
FALA, RIO GRANDE DO SUL!
@ Mesmo que digamos o contrário, nós gaúchos não gostamos de cultura. Ou só gostamos de um tipo de cultura. A Aplauso, mais competente e abrangente revista cultural já feita no RGS, depois de DEZ anos de circulação veio morrendo a míngua até expirar um ano atrás, Não se ouviu uma única voz lamentando o passamento. Nem das autoridades da área, como os secretários Assis Brasil (tantas vezes destacado na revista) e Sergius Gonzaga. Tampouco se ouviu uma única voz dos músicos, escritores, cineastas, atores, artistas plásticos etc, que tantas vezes foram destacados na Aplauso, sobre o fechamento da revista. Depois reclamam da “falta de espaços”. Fiquei de cara com a silenciosa “receptividade” ao fim da Aplauso.
Agora, o jornal Fala Brasil, com tantos anos dedicados a acompanhar nossa movimentação cultural, está morrendo à míngua sem que nenhuma autoridade cultural lance pelo menos um olhar de ajuda sobre esse fenecimento. As manifestações culturais porto-alegrenses em particular, e rio-grandenses em geral, estão entregues às inóspitas leis do “mercado”, isto é: que se fodam!

César Fraga As instituições públicas financiadoras e patrocinadoras da cultura, enquanto anunciantes, ignoram a imprensa especializada e alternativa de qualidade e ainda seguem o modelo compadrista e/ou de toma-lá-da-cá político. Falta é respeito com quem é sério.

Não fosse o Extra Classe ser mantido por uma entidade forte e representativa tb já teria sucumbido, apesar de ter bons anunciantes, porém da iniciativa privada, em grande maioria…

As agências de publicidade tb ignoram solenemente essas publicações, aliás, muitas vezes por ignorarem a fatia de público que elas atingem. Aliás, os mídias precisam rever seus conceitos sobre público e a abrangência da informação..

Glei Soares É lamentável tudo isso. Falam em democracia da informação mas liberam verbas para os companheiros, compadres e brothers (que até podem merecer) mas não são os únicos a fazerem arte, a se dedicarem à publicação de qualidade. Imprensa alternativa, prefiro chamar de complementar, nem chega comer na mão de agências, são simplesmente ignoradas, porque o mídia não tem como justificar para o cliente sobre o target, o perfil de público e outros blá, blá, blás. Quem deveria ter um olhar mais atento e fora do mercado privado, são os assessores e marketeiros públicos que detém a verba oficial e podem espraiar o incentivo. Sem a Aplauso e sem o Fala Brasil, por exemplo, aplaudimos menos e falamos menos do que se produz de bom por aqui. Então que façam uma LIC para este segmento de impressos. Editei o Jornal da ARI por um tempo, poucos se sensibilizaram e por pouco tempo. Agradeço ao Adroaldo Correa, que assessorava a prefeitura de Poa e tratava a todos os batalhadores, como os jornais de bairro com muita presteza e sensibilidade. Depois um tal de Valente cortou tudo e ainda foi falar mal do RRPP que me ajudava pro pres. da ARI (na época), que estávamos “enchendo o saco” porque queríamos a arte para veicular e tínhamos prazo para fechar o jornal. Cortou a renovação da verba e pronto. Pura retaliação da secretária deste Valente, um barbudo que nem sei onde anda. Era uns R$ 500 pilas por mês, quase empobrecia a prefeitura com esta verba. Mas pro Clube da Cidadania devia ter. É indignante certas coisas. Lidar com gente grossa e mal intencionada. Enquanto isso, eu e o meu parceiro, anonimamente, levantávamos nossas bandeiras nas ruas pela mudança, “sem medo de sermos felizes”, mesmo sem sermos filiados. Porque o momento exigia mudanças, mesmo.

Fala Brasil Cultura Acompanhei tua trajetória Glei Soares … Há muitos valentes de alma e consciência nesta terra… seguimos então!

Glei Soares Como tu, Rosane Scherer, incansável no Fala Brasil, não te mixa pra essa gente. Abração!


Luiz Costa de Moura É, Nilton Fernando, precisamos de mais gente lutando pela cultura, usando bem as verbas, governos preocupados com todos e não apenas com seus partidos, eleições, etc.

Leandro Facchini Nasi Sem comentários! Viajo muito pelo Brasil e percebo que o RS está regredindo em várias áreas. Já não resta muita coisa para com que se orgulhar da nossa Terra quando se compara com a situação de outros estados. Lamentável que um povo outrora de muito respeito termine por exterminar aos poucos a sua cultura.

Sirlei Taffarel é isso meu amigo! uma vergonha cultura nao tem voz e nem vez infelizmente.

Clovis Martinez REFLEXO DA BURRICE GALOPANTE QUE ASSOLA O NOSSO PAÍS.QUANDO FECHA JORNAL OU REVISTA ,QUE FALA DE CULTURA, E NINGUÉM SE MANIFESTA. CORROBORA A IGNORANCIA CORPORATIVA ATUANTE NO CÉREBRO DO NOSSO POVO!

Jerônimo Jardim O Juarez está certo; Mas eu vivo “gritando” por apoio à “Fala Brasil”, o nosso oásis cultural. Quem ouve? Talvez somente quem não tenha poder pra fazer algo…

Ana Rowe
Não conhecia estas duas publicações (Aplauso e Fala Brasil) e, pelo jeito, não vou conhecer… mas fiquei triste com esta “acusação” de que nós, os gauchos, não gostamos de cultura… Agora que quero voltar a ser gaucha?!

 

Zé Roberto Martins Lamento muito. Fui assinante da Aplauso quando ainda estava no RS. Ainda sinto muita falta. Mas os tempos estão difíceis e cultura infelizmente é produto supérfluo em nosso país. Aliás, escola pública hoje não consegue nem ao menos alfabetizar antes da 4ª série, quanto mais transmitir a mínima noção de cultura. Quanto à classe artística, realmente silenciam porque a Aplauso não é uma publicação de massa, não rende divulgação e mercado. Já os governos… que mediocridade está assolando o RS e Porto Alegre.

 

Ayrton Kanitz E o simpático, agradável, inteligente Instituto NT de Cultura (com um cineminha que é uma delícia), às vezes respira com ajuda de aparelhos.

Graça Garciapublicou emJuarez Fonseca
Quarta próximo a Porto Alegre
AMIGOS E AMIGAS QUE AQUI ESTÃO, AJUDEM-NOS DIVULGANDO A SEUS PRECIOSOS CONTATOS QUE PODEM FAZER TODA A DIFERENÇA E SALVAR ESTE NOSSO GRANDE JORNAL CULTURAL. CADA DEPOIMENTO POSTADO É MAIS UM ELO DESTA CAMPANHA E NOS EMOCIONA. LI A TODOS E FAÇO DE CADA UM DELES, UM PEDAÇO DO TODO EM MINHA MENTE E CORAÇÃO. CONCORDO COM CADA PALAVRA QUE SAI TAMBÉM DO CORAÇÃO, DE QUEM CONHECE E VALORIZA NOSSOS AMIGOS QUE ALI LABUTAM PELA ARTE, COM TANTO AFINCO E DEDICAÇÃO. VAMOS PARA AS RUAS, SE PRECISO FOR. DERAM-ME VALOR COMO ARTISTA, COMO COLABORADORA, TRANSFORMARAM-ME NESTA AGITADORA CULTURAL E LHES SOU MUITO GRATA POR TUDO ISSO. VAMOS NOS MOBILIZAR PRÁ VALER, POIS DEPOIS NÃO VAI ADIANTAR LASTIMAR. CONTO COM SEUS VALOROSOS ENVIOS!!! BJS
Alexandre Niandra Generosi sou solidario com o fala brasil e reconheço o esforço da Roseana.. estamos juntos, e a Banda Municipal, esta peleando e não vai se entregar,.
Eduardo Quintian Gambona Isso que o povo gaúcho, como dizem as más linguas, ou boas, não sei ao certo, é um dos mais cultos do Brasil! O problema é que cultura em nosso país está jogada às traças, e nós aqui estamos no fim ou início do mundo, também não sei ao certo, mas aqui as coisas são mais difíceis também de acontecer e conquistar o resto do Brasil.

Gilnei Lima Lamentável dizer. Lamentável ter que admitir. Juarez, confesso que esta seria um das raríssimas vezes que adoraria te contrariar, mas não dá. Mas é fato que não há apoio para publicações que se dediquem ao fundamento de divulgar e registrar os feitos culturais. Se for moda ou life style, decoração e coisas menos interessantes como estas, certamente o espaço atrai muito mais. Até porque futilidades são coisas mais atraentes do que Cultura e seus valores. De certo modo, é direcionado para o público certo, porque de futilidades e seus diletos consumidores o mercado está cheio.

—————————————

Maria Ines Teixeira

Vamos divulgar o Fala Brasil Cultura, precisamos deste jornal circulando…contribuam, opinem…quem sabe encontraremos patrocinadores e interessados em usar espaços de publicidade que o jornal tem disponível.

Cláudio CP      Movimento Fala Brasil de Cultura

Se não me falha a memoria, o Fala Brasil Cultura, fala na minha historia faz tempo, e é aonde tem minha memória, nossa, é tudo. Sem o Fala, eu seria sem memória, sem memória eu não seria nada. E, EU AMO O Fala Brasil CulturaIsso é só um pouco de história, eu gostaria de falar pro pessoal do Fala, em especial pra Rosane, que sem o Fala, eu CALO.   Cláudio CP — em Centro Historico de Porto Alegre

Du Eduardo Toledo
Neste 22 anos de cultura Agradeço ao Movimento Fala Brasil Cultura
José De Oliveira Luiz
Que maravilha!!!!!!!!!!!!!! Parabéns. Adorei…
Splash Artes
Abrindo os olhos para a verdadeira cena cultural de Porto Alegre! Parabéns! ;D
aqui un jornal desde Porto Alegre, que también trabaja por amor al arte:Fala Brasil Cultura, mis respetos hacia ellos
amigos de Brasil, el jornal Fala Brasil Cultura de Porto Alegre, es un instrumento importante del Movimiento de Cultura Independiente, los invitamos a conocerlos!

Sergius Gonzaga Fala Brasil sempre me pareceu um milagre. Como era possível manter um jornal de cultura quase sem patrocínio – perguntava – mas ao conhecer a garra, o elan vital e a paixão de seus editores por aquilo que faziam e fazem, dei-me conta que esse milagre tinha uma explicação racional. Não é possível que Porto Alegre deixe desaparecer uma experiência desse porte.

Renato Zingano Velho compartilhou um link via Fala Brasil Cultura.

Amigos artistas e apreciadores da arte feita em nossas plagas !
Contribuam enviando vossos depoimentos e compartilhando esse post!
é muito importante, para quem ñ conhece o Fala Brasil, aconselho a fazê-lo, pois é um autêntico veiculo de informação, registro e divulgação de nossa cultura contemporânea.
  • Fala Brasil, tenho na memória, na minha história ao longo de mais de três décadas, de apaixonados trabalhos na cultura de Porto Alegre e do RS, dezenas de fatos que foram noticiados, valorizados, tiveram a atenção e o zêlo do pessoal do Fala Brasil, e forma muitas as aventuras e venturas..Sim a vida sempre apresenta momentos de desenvolvimento e outros de expectativas, dúvidas, em muitas outras temos que recuar, acalentar nosso sonho, revigorar as forças, acalmar e retomar o caminho. Pois nosso trabalho não é um modismo, um brinquedo de ocasião, é nossa opção de vida, poderia ser Engenharia, Medicina, Contabilidade, mas não, nossa alma é artista e arteira, nosso jeito desengonçado, ora triste outra engraçado, é por si só original, então amigos, todos, temos tantas necessidades urgentes, e quem sabe criemos algum jeito, projeto, burburinho para dar uma força para quem ao longo de muitos anos, nos ajudou com suas fotinhos, tijolinhos, entrevistas e tantas ações conjuntas pela nossa tão equecida cultura local, Fala Brasil, por favor não se Cale, no que algum dos meus fazeres puder ajudar, lá estarei…valeu – Jottagá Souza Gomes & Fróide Explica!

RENATO DEL CAMPÃO commented on Jornal quer circular – S.O.S Fala Brasil! … segunda fase: mais depoimentos chegando…

Incompreensível um jornal que tanto divulgou nossa arte,desprezado.Muito importante sua circulação!Vamos revitalizar tudo e que os apoiadores surjam!

JORGE VARGAS commented on Jornal quer circular – S.O.S Fala Brasil! … segunda fase: mais depoimentos chegando…

FALA BRASIL – um sopro de luz nos nossos Corações e Mentes!

Trabalho de coragem e dedicação como este não pode simplesmente deixar de existir!

Marcos Ungaretti Acho que a mentalidade que vigora e faz essa coisa andar, meio às avessas porque as coisas estão invertidas, é a mentalidade que revoluciona, que ilumina e mostra alternativas. Nunca havia prestado atenção no conteúdo do jornal e nem preciso ler as matérias para perceber no que ele se fundamenta. Vi essa matéria no meu mural e percebi que somos parceiros, pois compartilhamos ideais semelhantes. É isso: não precisa dinheiro, não que ele seja ruim, mas caráter é fundamental. Se juntar as duas coisas …

Rosa Groisman
Cultura, educação, em primeiro lugar, vida inteligente no planeta é o que precisamos Todos, incentivo e estímulo! Jornal Fala Brasil Cultura, traz ventos de arte que nos refrescam em cada edição…Viva!!!!!!

De Kako: Acabo de ler o que diz no link que encaminho …
Buenas, eu saí de Pelotas no final do ano de 1989, com a banda Procurado Vulgo. Chegando em POA começamos a tocar em vários lugares e começamos ser divulgados. Não demorou muito eu conheci a Rosane e consequentemente virei as páginas de um jornal que mostrava tudo o que acontecia na cultura da cidade. Este precioso veículo dos artistas está mais vivo do que nunca, só falta encontrarmos uma solução para AGORA.
Sei que depoimentos não colocam jornal na rua quem sabe um abaixo assinado dos artistas enviado diretamente para a cultura?
Estou ai para participar, pois quase todos os amigos artistas que tenho já figuraram nas páginas do FALA BRASIL. Só tenho a agradecer.
To junto !!!
Kako Xavier (músico)

FALA BRASIL: diz aí nosso jornal do coração! Valoroso e guerreiro veículo que há tempos vem divulgando nossa cultura e com a Rô Scherer fazendo o quê todo veículo devia fazer: levantar da cadeira e ir no show, sentir o clima e não só ficar fazendo ‘copia e cola’ de textos e fotos da internet. O Fala Brasil é o ar que a cultura porto alegrense respira: sem ele não podemos e não queremos ficar nunca!
Izabel L’Aryan e Airton Pimentel
SICOMRS/COOPERMÚSICA

Dulce Helfer Tbém sou admiradora. Não é mole um jornal independente e bom, como o Fala Brasil, estar presente tantos anos de maneira brilhante, por aqui. Hay q ter culhões…Parabéns pela persistência e coragem, amigos.

BossaNova En Argentina compartilhou sua foto.
Apoyamos la iniciativa del movimiento cultural independiente de Fala Brasil Cultura desde Porto Alegre-BR
“Amigos, alguém mais quer se pronunciar a respeito do Fala Brasil Cultura ?”

Francis Marchi Abril 16, 2013 às 7:07 pm #

Acompanho praticamente desde o início há 20 anos atrás o belo trabalho da jornalista Rosane Scherer e do seu Jornal Fala Brasil. Veículo independente sempre preocupado em divulgar a cena musical gaúcha. Tem 100% de credibilidade. Não pode parar. Tem que continuar.

ana paula mesquita scalabrin Abril 16, 2013 às 5:18 pm Edit #

O jornal Fala Brasil..hoje é um dos marcos históricos de Porto Alegre e sendo assim não pode deixar de existir jamais..adoro este jornal que sempre me coloca informada de noticias culturais de nosso portinho.vamos todos juntos se unir em prol da classe artística.

Nosly Marinho compartilhou a foto de Movimento Fala Brasil de Cultura.
Fala Brasil
Jornal de altissimo gabarito feito por quem abraça a cultura de verdade.
Vamos continuar apoiando essa idéia.
Vamo que Vamo!
Elaine Regina compartilhou a foto de Movimento Fala Brasil de Cultura.
Fala Brasil…compartilhe. agradeço.
Lisi Oleques compartilhou a foto de Movimento Fala Brasil de Cultura.
Caminhada virtual, não parece ser a solução. Vamos divulgar uma conta RO, para fazermos uma campanha e conseguirmos colocar o jornal nas ruas novamente!??

S.O.S Fala Brasil!

Jornal quer circular…

Trabalhar a ideia do Coletivo nas Ações é algo que incentivamos a quase duas décadas de circulação do Jornal Fala Brasil! 100% Cultura. Como editora do jornal e responsável pelo projeto criado em 1992, consciente da necessidade de mídia para os artistas locais, almejei que o Fala Brasil! Se tornasse um veículo de divulgação constante das ações culturais e artísticas, mas também um veículo de Opinião!

Idealizamos e desenvolvemos o projeto, a partir do entendimento de que Cultura é prioridade máxima para qualquer país. Segundo Edward B. Tylor – Cultura é… “aquele todo complexo que inclui o conhecimento, as crenças, a arte, a moral, a lei, os costumes e todos os outros hábitos e capacidades adquiridos pelo homem como membro da sociedade”. Concordo com ele… Isso inclui, portanto, uma grande importância para a Educação de qualidade que almejamos. Um país é o que sua Cultura representa. Não é uma visão de todos e sabíamos estarmos fadados a cumprir uma trajetória difícil. Por quê? Porque há que se ter paciência, persistência e memória das ações.

Penso ser necessário Falar toda verdade: Estamos em perigo!

O que mantém um Jornal gratuito circulando?
Determinação, colaboradores, conteúdo, apoio dos leitores e dos pontos de distribuição, anúncios, patrocínio.

Do que precisamos? Anúncios e patrocínios, continuidade do apoio, manutenção da adesão dos colaboradores.

E é com a ajuda de vocês que queremos conquistar isso. Mas não vamos escrever nossa história aqui no blog.

Vocês estão convidados a fazê-lo. – Escreva seu depoimento. Conte a sua história ou dê sua opinião de sobre o Fala Brasil! Podem “Curtir e “compartilhar nossas páginas no Facebook, demonstrando a outros que se importam com a permanência em circulação desse nosso veículo e com nosso trabalho e o trabalho de todos os artistas que seguem conosco essa trajetória.

É assim que Vencemos: Juntos!

Quem sabe com uma Atitude Coletiva consigamos que as instituições governamentais e privadas, bancos, empresários em geral, associações e sindicatos, etc., nos percebam, como você nos vê, como uma opção de mídia a ser pensada por agências de publicidade e gerências de comunicação, uma opção de investimento social.

Empresas e instituições que não investem na diversidade tendem a conformar a sociedade à própria imagem, uma única e esclerosada Fala. Parece simples, mas tem sido árdua a tarefa de generalizar a percepção disso! Somos persistentes, temos paciência e a memória das ações que ombreamos com muitos na área da cultura de nossa cidade nestes 18 anos. Então, é mesmo simples! Basta que uma porcentagem de recursos já existentes para publicidade anual seja destinada a essa finalidade cultural, à promoção da diversidade da expressão. Incluindo aí Projetos, Veículos, Patrocínios culturais…

Não há necessidade de novas leis. É uma questão de consciência social mesmo. Basta que o foco seja cumprido com honestidade e com regras justas: 5% ou 10% da verba de publicidade anual (da que já vem sendo investida, sem necessidades sequer de agregar valor novo) de bancos, governos, instituições, associações, sindicatos, empresariado. Simples assim. “Repartir o bolo feito por todos nós”, também com os veículos segmentados, comunitários e alternativos independentes, que publicam vozes outras e trilham caminhos
mais populares, possibilita manter canais de expressão e divulgação das culturas locais, amplia o universo pela diversidade e criatividade, alarga a democracia pavimentando o acesso da sociedade aos seus direitos de informação.

Queremos continuar fazendo um jornal livre, informativo, necessário na troca de saberes, para a Cultura em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, no Brasil a fora e além…

O Jornal Fala Brasil! é 100% Cultura. A totalidade de nossos colaboradores empresta grátis as contribuições regulares que publicamos nas diversas áreas, como parcerias.
E pergunto, se o jornal impresso é distribuído grátis, quem pagará a gráfica? São 24 páginas em cor – papel branco – impresso em rotativa – com corte e grampeado (investimos em qualidade); 10.000 exemplares mensais, distribuído gratuito nos espaços culturais de Porto Alegre/RS, e disponibilizado nas mídias sociais/web do Fala Brasil.

Olha só o Exemplo de anunciante que pode colaborar para nosso Fala: Prefeitura de Porto Alegre, Governo do Estado do RS, Assembleia Legislativa do Estado do RS, Zaffari, Opus Produções, Caixa Federal, Banrisul, Trensurb, Sesc/Senac, Fiergs, operadoras telefônicas, Sindicatos, Fundações e Associações, empresariados em geral… E mais quem possa e queira interessar-se em promover a diversidade da nossa cultura… E se alguém ainda quiser colaborar com verba de apoio, incentivo, patrocínios, coloco abaixo também uma conta do Fala Brasil!

Não é mais que minha obrigação. Vou continuar sendo honesta.

Caixa Federal – Fala Brasil Editora Jornalística
Agência 0453 – operação 003 – conta 2170-7
CNPJ: 09404034/0001.16  (jfalabrasil@hotmail.com)

Fala Brasil! 100% Cultura – divulga todas as áreas da arte e conta no expediente com:
Editora: Rosane Scherer
Colunistas/participantes: Affonso Romano de Sant’Anna, Adroaldo Bauer, Daniel Soares, Danúbio Gonçalves, Zé Augustho Marques, Pedro Mazzan e Jú Vieira. Layout/Arte de Marcos Porto. Apoiadores: Ieda Cabrera, Glórya Athanázio, Proletra Editora.

Rosane Scherer

Movimento Fala Brasil

A Cultura 100% Coletiva & Sustentável

jfalabrasil@hotmail.com

51. 3228.4382 / 9144.3426

http://www.falabrasilcultura.wordpress.com

http://www.zepoesia.blogspot.com

Facebook (1 e 2): Fala Brasil Cultura

HomePage Facebook:

Movimento Fala Brasil de Cultura

Twitter: @jfalabrasil

Canalhttp://www.youtube.com/movimentofalabrasil

 

Etiquetas: , ,

5 responses to “Jornal quer circular – S.O.S Fala Brasil! … Mais e mais depoimentos chegando…

  1. lelezinha

    Maio 5, 2013 at 3:05 am

    Não vamos deixar morrer mais um veículo da mídia independente alternativa do Brasil…

    Gostar

     
    • RENATO DEL CAMPÃO

      Maio 5, 2013 at 2:15 pm

      Incompreensível um jornal que tanto divulgou nossa arte,desprezado.Muito importante sua circulação!Vamos revitalizar tudo e que os apoiadores surjam!

      Gostar

       
  2. JORGE VARGAS

    Maio 5, 2013 at 4:49 pm

    FALA BRASIL – um sopro de luz nos nossos Corações e Mentes!

    Gostar

     
  3. VALDO PEREIRA

    Maio 5, 2013 at 10:31 pm

    Vou mandar uma matria do lanamento do meu segundo Clipe, por enquanto deixo o encarte da Capa.Obrigado. Date: Sun, 5 May 2013 04:41:03 +0000 To: valdo.pereira36@hotmail.com

    Gostar

     
  4. Vinicius

    Maio 9, 2013 at 1:26 pm

    A cultura depende de nós, n ão vamos deixar 15 anos de cultura se apagar 😉

    Gostar

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: